Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Página inicial > Nossa Localização > Mostrando itens por tag: ifpa
Início do conteúdo da página

Mostrando itens por tag: ifpa

Contato Geral: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Coordenação Geral 

Kamila Batista da Silva Barbosa

Louise Cristhine Monteiro Silva da Silva (coordenadora substituta)

 

Equipe Multidisciplinar e Apoio Administrativo-Financeiro

Alessandra Matni Bastos

Leandro de Lima Pinheiro

Levi Lima Meireles

Petrus Soares Guimarães

Maria Sintia Monteiro da Costa

 

Coordenadora do Curso de Técnico em Informática para Internet

Zilma Betania Ribeiro Daou

 

Coordenadores de Polo

Abaetetuba: Raphael Saraiva de Sousa

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

 

Altamira: Leonaldo Cunha

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Ananindeua: Lair Meneses

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Aveiro*: Gezo Lopes (polo)

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Cametá: Gilson Morais

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Rurópolis*: Miklea Vaz

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Santarém: Robhyson Silva

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Terra Santa: Neuza Almeida 

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Trairão*: Ione Antonello

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Tucuruí: Douglas Bechara dos Santos

Contato: etec.tucuruiEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

* Aveiro, Rurópolis e Trairão são polos vinculados ao Campus Itaituba. Por isso, há no campus uma responsável por integrar as ações dos três polos:

Itaituba: Cácia Santos 

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Publicado em MedioTec

Leia mais ...

  • 26/06/19
  • 11h54

Apresentação

Para iniciar a oferta do MedioTec pelo IFPA, foi escolhido o curso Técnico em Informática para Internet, de modo a aproveitar a expertise adquirida pelo Instituto na área, em especial por meio da Educação a Distância, com vistas a oferecer à sociedade novos profissionais qualificados e de acordo com as exigências de nossa era digital, sem ignorar as especificidades de nossa região.

O curso utiliza como ambiente virtual de aprendizagem – AVA a plataforma Moodle, que possui ferramentas as quais facilitam o aprendizado dos alunos. Mesmo assim, vale lembrar que o estudante da educação a distância precisa ter um perfil autodidata, que saiba conduzir seus estudos de forma independente. Deve ser proativo, porém, sem amarras para a participação em fóruns e chats, levantando questionamentos e trocando informações sempre, seja com o professor ou com os colegas. Esse perfil colabora não somente para o melhor aproveitamento do curso na modalidade a distância, como igualmente agrega valor ao profissional formado, desenvolto para lidar com o público que encontrará no mercado de trabalho.

Objetivos

O curso de Técnico em Informática para Internet tem o objetivo de formar profissionais capazes de desenvolver programas de computador para a internet, seguindo as especificações e os paradigmas da lógica e das linguagens de programação. O profissional estará apto a utilizar ferramentas de desenvolvimento de sistemas, a fim de construir soluções que auxiliem o processo de criação de interfaces e aplicativos empregados em comércio e marketing eletrônicos, bem como a desenvolver e realizar a manutenção de sites e portais na internet e na intranet.

Perfil Profissional

O perfil desse profissional está diretamente relacionado à elaboração de sistemas para web, aplicação de critérios de ergonomia, usabilidade e acessibilidade, utilização de ferramentas de auxílio no desenvolvimento das aplicações, desenvolvimento e manutenção de sites e portais na internet e intranet.

Mercado de Trabalho

O campo de atuação desse profissional envolve: empresas de elaboração de sites para a internet; indústrias em geral; empresas comerciais, de consultoria, de telecomunicações, de automação industrial, de prestação de serviços, de desenvolvimento de softwares; Centros de pesquisas; escolas e universidades; Empresas Públicas; empresas de criação de jogos para consoles, celulares, tablets e computadores; agências de publicidade e propaganda e atividades de desenvolvimento de sistemas.

Publicado em MedioTec

Leia mais ...

  • 29/06/17
  • 13h57

O Mediotec é voltado para estudantes regularmente matriculados na Rede Pública Básica de Educação, no Ensino Médio, interessados na formação técnica profissional de forma concomitante, ou seja, o curso técnico ocorre de forma paralela, em outro ambiente (no caso, nos polos EaD), no mesmo período em que o aluno mantém, na sua escola, a trajetória regular da educação básica. 

O objetivo principal do Programa é garantir que o estudante do ensino médio, após concluir essa etapa de ensino, já esteja apto a se inserir no mundo do trabalho e renda.

Publicado em MedioTec

Leia mais ...

  • 26/06/19
  • 11h52

O MedioTec é uma ação do Governo Federal que funciona como um braço do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC). A intenção do MedioTec é disponibilizar a formação profissional e técnica de forma integrada aos conhecimentos básicos do Ensino Médio, em tempo integral.

O plano é garantir o máximo de oferta possível e, por enquanto, o programa já inicia com um total de 82 mil vagas em todo o Brasil, segundo o Ministério da Educação. O MedioTec nasce como uma tentativa de acelerar o processo de mudanças previsto na reforma do Ensino Médio, proporcionando a formação integrada como uma maneira de viabilizar, exclusivamente para jovens alunos do Ensino Médio, uma dupla certificação através dessa conjunção com o PRONATEC.

Os estudantes que tiverem uma formação através do MedioTec irão concluir o Ensino Médio com a certificação de nível técnico.

No IFPA, as vagas serão ofertadas na modalidade a distância, por meio de um convênio com a Secretaria de Estado de Educação do Pará – SEDUC, envolvendo escolas públicas municipais e estaduais com a Rede e-Tec Brasil/CTEAD. A partir do segundo semestre de 2017, portanto, de forma experimental, serão 500 vagas distribuídas em 10 municípios, que formarão concomitantemente os jovens no Ensino Médio e no Ensino Técnico em Informática para Internet.

Publicado em MedioTec

Leia mais ...

  • 26/06/19
  • 11h21

 

Nesta quinzena, as atividades acadêmicas estão a todo vapor na Rede e-Tec Brasil do IFPA! Além disso, há algumas datas comemorativas, no mínimo curiosas, entre os dias 19 de junho e 03 de julho.

Você sabia, por exemplo, que no dia 21/06 é comemorado o Dia internacional do Aperto de Mão?

Esse gesto simples e secular, que é tido como uma forma de firmar acordos e amizades, surgiu como uma maneira de mostrar que a pessoa não possuía armas, logo, estava em missão de paz. Porém, em cada cultura, a duração, a intensidade e as pessoas envolvidas (se são do mesmo sexo ou não) podem trazer significados e costumes diversos.

Veja outras datas importantes desse período:

 

19/06

Dia do Cinema Brasileiro

Início da disciplina Higiene e Segurança do Trabalho

Início da disciplina Organização e Normas do Trabalho

Início da disciplina Gestão de Qualidade

 

21/06

Dia da Mídia

Dia do Aperto de Mão

 

22/06

Aniversário de Santarém

 

25/06

Fim da disciplina de Algoritmos e Construção de Programas

 

27/06

Dia Nacional do Progresso

 

02/07

Fim do semestre letivo (recesso; módulo I finaliza apenas em agosto)

Publicado em Agenda EAD

Leia mais ...

  • 20/06/17
  • 12h14

Na disciplina Gestão de Qualidade, que inicia nesta semana, um dos métodos apresentados são os 5S. Mas que cinco “S” são esses? O que eles significam?

O método dos 5S foi criado no Japão pós II Guerra, na tentativa de reerguer o país. A letra S é repetida na inicial da transcrição do japonês ao Ocidente para cada um dos sensos priorizados, com o objetivo de incentivar atitudes simples que trazem transformações positivas, seja em ambiente profissional ou pessoal.

 

 

Termo Original

(japonês)

Senso Priorizado

(português)

Significado

Objetivo

S1

Seiri

Utilização

Separar o que é útil do que é inútil

Descartar ou realocar o que não é preciso para evitar acúmulos desnecessários

S2

Seiton

Organização

Organizar para garantir disponibilidade

Ter o material necessário disponível de forma prática, deixando o mais utilizado à mão e o menos, guardado em espaços apropriados

S3

Seiso

Limpeza

Limpar e evitar sujar

Manter o ambiente limpo, seja o asseio da parte física, como mesas e chão; seja manter a honestidade e a clareza nas relações

S4

Seiketsu

Saúde

Padronizar atitudes saudáveis

Buscar uma padronização (a partir dos sensos anteriores) é fundamental para manter o local saudável e agradável

S5

Shitsuke

Autodisciplina

Assumir a responsabilidade de colocar em prática os padrões saudáveis

Garantir a consolidação dos 5S na rotina, seja de trabalho ou de vida. Fazer o que tem que ser feito porque tem que ser feito e não por lhe estar sendo cobrado

Segundo o professor formador da disciplina, Leandro Pinheiro, “através do conteúdo e da base tecnológica 5S, os alunos poderão desenvolver habilidades para empreendimentos e análise crítica das organizações, de forma a promoverem e anteciparem transformações estruturais necessárias ao sucesso das organizações”. De acordo com ele, os 5S desenvolvem habilidades fundamentais ao Técnico em Informática, tais como:

  • Coordenar equipes de trabalho;
  • Selecionar e gerenciar recursos humanos;
  • Aplicar melhoria contínua de qualidade;
  • Elaborar relatório técnico;
  • Estabelecer critérios de produtividade e qualidade;
  • Envolver-se na melhoria contínua da qualidade, introdução a novas tecnologias e intercambio de outros setores.

Publicado em Curiosidades

Leia mais ...

  • 20/06/17
  • 12h12

Jornal O Nortão - em 06/06/2016

 

Para quem almeja ingressar no mercado de trabalho, uma recomendação é ficar atento às novas oportunidades que estão surgindo e às carreiras em alta. De acordo com Livia Antonelli, analista de recursos humanos do Grupo Positivo, as profissões em alta atualmente são aquelas que buscam trazer mais retornos para os negócios, como analista em planejamento financeiro, analista em planejamento tributário, analista contábil, analista de compras, cientistas de dados e designers UX e IU. “Programas de trainee e de estágio continuam em alta e são ótimas oportunidades de entrada no mercado de trabalho”, diz.

Além disso, a propagação da internet e o crescimento da tecnologia contribuíram para o surgimento de novas carreiras e, consequentemente, várias oportunidades no mercado de trabalho. Há pouco tempo, muitas dessas profissões não eram reconhecidas e hoje se tornaram propensas, com grandes possibilidades de crescimento nos próximos anos.

A era digital aumentou as ofertas de trabalho, em meio à maior crise econômica no Brasil, principalmente para os jovens entre 14 e 24 anos, que representam 27,7% de um total 12,3 milhões de desempregados – dados recentes do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Segundo a rede de escolas de informática Microcamp, as novas carreiras com perspectivas de trabalho são: técnico em manutenção de drones, desenvolvedor de aplicativos e de dispositivos vestíveis, youtuber e especialista em internet das coisas.

Confira, a seguir, mais informações sobre essas áreas

Desenvolvedor de aplicativos - Considerado um dos mercados mais atraentes, já que a base de celulares aumenta aceleradamente. É possível criar aplicativos para consumidores, empresas ou poder público. Para ingressar nessa carreira é necessário possuir formação técnica e conhecer a evolução tecnológica.

Youtuber - Fazer um vídeo e compartilhá-lo na internet era um hobby que se tornou um negócio rentável. Christian Figueiredo, Kéfera, Rezende Evil, entre outros, são youtubers que começaram gravando e compartilhando vídeos e hoje fazem mais sucesso no Youtube do que muita celebridade. Esse é um mercado que exige esforço, dedicação e conhecimentos em ferramentas, principalmente audiovisuais. Segundo Helder Hidalgo, coordenador de cursos da Microcamp, “o objetivo desse curso é de preparar jovens para a carreira de youtuber, para protagonizarem filmes em seu próprio canal da rede social. Para isso vão aprender desde postura correta, definição de roteiros e scripts, até a edição dos vídeos”.

Especialista em internet das coisas - Trata-se de um conceito mundial que conecta qualquer objeto utilizado no dia a dia à internet, como eletrodomésticos, meios de transportes, roupas, tênis. O termo ainda é pouco conhecido para quem não é da área tecnológica, mas fará parte do cotidiano das pessoas, pois, de acordo com a ABI Reserch, até 2020 cerca de 30 bilhões de dispositivos estarão conectados à internet das coisas.

Com o propósito de automatizar processos e antecipar trabalhos, a internet das coisas precisará de pessoas qualificadas para programá-la, principalmente dentro das pequenas e médias empresas, que buscam reduzir os seus custos tendo a tecnologia como principal aliada.

Técnico em manutenção de drones - O mercado de drones crescerá 32% por ano, em média, durante a próxima década e atingirá US$ 30 bilhões, segundo projeções da ABI Research. Só para 2017, a estimativa é um faturamento de cerca de R$ 200 milhões, incluindo vendas de equipamentos, treinamentos de pilotos e prestação de serviços. Discutido anualmente no maior evento de drones do país, o DroneShow, o setor tem percebido que falta qualificação dos profissionais envolvidos.

Com base nesta perspectiva, a Microcamp acredita que o segmento de drones demandará de especialistas para atender o público em potencial. “O mercado está em ebulição e agora é o momento para se preparar para atender quem usa drones não apenas como hobby, mas como profissão”, comenta Helder Hidalgo.

Desenvolvedor de dispositivos vestíveis - Os gadgets (dispositivos tecnológicos) permitem uma maior interação do usuário com seu smartphone, para coleta de dados ou simulação de outra realidade, por exemplo. Dentro da categoria de tecnologia vestível estão os óculos de realidade virtual, os smartwatches, ou relógios inteligentes, e as pulseiras inteligentes.

De acordo com a International Data Corporation (IDC), o setor teve um crescimento de 171,6% somente em 2015 e tem se ampliado por conta dos relógios inteligentes. Estima-se que mais de 80 milhões de dispositivos vestíveis tenham sido vendidos até hoje em todo o mundo e que até 2020 esse número chegue a 213,6 milhões.

 

(*) Matéria original completa publicada pelo site Jornal O Nortão, em 06 de junho de 2017. Se quiser ler na íntegra, clique aqui!

Publicado em Saiu na Mídia

Leia mais ...

  • 20/06/17
  • 12h09

Por Márcio Wariss Monteiro*

 

Caros alunos, servidores e bolsistas,

 

O Mural EAD foi pensado com muito zelo para vocês que acreditam na Educação a Distância do IFPA. Por isso mesmo, é um jornal em forma de mural e será disponibilizado no nosso próprio ambiente virtual de aprendizagem – o Moodle da Rede e-Tec Brasil. Local comum que todos nós frequentamos diariamente.

Por meio do Mural EAD, poderemos ter acesso às principais informações sobre nossos cursos e a EAD em geral. A publicação será quinzenal e trará sempre assuntos relevantes divididos em seções pertinentes.

A cada edição,  haverá editorias como Manchete EAD (com reportagens especiais), Fala EAD (com entrevistas e depoimentos), Mercado Hoje (dicas do mercado de trabalho), Quer saber? (curiosidades em geral), Agenda (mesclando calendário acadêmico com datas importantes), Bem na Foto (fotos das nossas atividades), Dizem Por Aí (com reportagens, estudos ou entrevistas publicados em outros sites). Além disso, quando houver atividades relevantes em nossa sedo ou nos polos, publicaremos a coluna Acontece na EAD.

Nesta Edição de lançamento, número Zero, resolvemos usar este espaço para nos apresentar melhor para vocês. Qual a atual situação da Educação a Distância do IFPA e o que será o futuro Centro de Tecnologia Educacional e Educação a Distância são duas das questões que pretendemos responder. Por isso, além da Manchete EAD sobre o assunto, esse primeiro Mural EAD traz na sua galeria fotos das novas estruturas do atual Departamento de Educação a Distância da instituição. A Agenda, o Dizem Por Aí e o Quer saber?, contudo, já trazem assuntos relacionados ao curso de Técnico em informática, que, certamente, interessará a todos.

Queremos ressaltar que o Mural EAD é feito para você, que está sempre frequentando essa nossa “sala comum”, o Moodle do IFPA. Por isso, não esqueça que você pode (e deve) ajudar a fazer as edições. Tem dúvidas? Quer saber mais sobre um assunto do seu curso? Alguma curiosidade? Fotos das atividades que participou? Ou quer falar sobre sua experiência como nosso aluno ou professor? Estamos abertos à sua sugestão pelo e-mail comunicaçãEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Aproveito para informar que o Mural EAD está totalmente integrado ao nosso novo site www.ctead.ifpa.edu.br, no qual há muitas outras informações, além do link para o Moodle da Rede e-Tec Brasil. O novo site foi pensando para ser um canal de comunicação para que todos acompanhem o desenvolvimento das atividades referentes à EaD no IFPA.

Não esqueça! O Mural EAD é de vocês!

Sejam novamente bem-vindos! Boa leitura e bons estudos!

 

* Márcio Wariss Monteiro é Chefe do Departamento de Educação a Distância / PROEN

 

Publicado em Editorial

Leia mais ...

  • 20/06/17
  • 11h59

Fachada do Prédio do Departamento de EaD

 

Equipe do Departamento de EaD e da Rede e-Tec 

 

Imagens do estúdio

 

Fotos: Íris Jatene, Márcio Wariss e Lériton Brito

Publicado em Fotos

Leia mais ...

  • 20/06/17
  • 11h35

Desde maio deste ano, o Departamento de Educação a Distância do Instituto Federal do Pará – IFPA passou a funcionar junto ao Campus Ananindeua, no terreno conhecido como Antiga Granja do Governador, no bairro do Icuí. A mudança estava sendo organizada desde o início do ano, planejada para oferecer aos servidores e, consequentemente, a todos os envolvidos com a Educação a Distância (EaD) no Instituto, maior conforto e agilidade nos processos cotidianos do setor.

 

No referido terreno, um prédio foi reformado para o funcionamento da administração de tudo o que diz respeito à EaD no IFPA. A estrutura conta com salas para a chefia do Departamento, produção e reprodução de material didático, gravação de videoaulas, jornalismo, desenvolvimento e administração de serviços online (site, ambientes virtuais de aprendizagem, entre outros), além de um espaço para o funcionamento da Rede e-Tec Brasil/IFPA, com sua equipe multidisciplinar, coordenadores, professores e tutores.

 

A proximidade física do Departamento de Educação a Distância com a coordenação da Rede e-Tec, aliás, mostrou-se positiva, já que reuniu em apenas um local as decisões relacionadas ao Programa, proporcionando maior integração para lidar com suas demandas cotidianas, sobretudo nesse momento em que se prepara para, apartir de agosto, ofertar mais 500 vagas por meio da ação MEDIOTEC-EaD, também inserido no âmbito do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – PRONATEC.  

 

“Tudo que é feito pela Rede e-Tec precisa passar pelo Departamento de Educação a Distância, então, essa proximidade encurtou tempo de resposta de processos, facilitou as reuniões, conseguimos resolver as coisas com mais celeridade. Além disso, a formação de uma nova equipe, com a chegada de novos servidores, que trouxeram mais conhecimento, enriqueceu muito a EAD no instituto. A partir desse momento, nós só temos a crescer. E os alunos é que ganham”, comenta a coordenadora geral da Rede e-Tec Brasil do IFPA, Kamila Barbosa.

 

Em 2016, foram realizados concursos públicos para a contratação de pessoal que, hoje, já estão lotados e em exercício no Departamento de EaD da Pró-Reitoria de Ensino, dedicando-se inteiramente às tarefas relacionadas a essa modalidade. Atualmente são nove servidores. Outra importante ação no ano passado foi a publicação da instrução Normativa nº 003/2016, que doutrina a inserção de disciplinas a distância em Projetos Pedagógicos de Cursos presenciais.

 

O próximo passo será a instituição do Centro de Tecnologias Educacionais e Educação a Distância – CTEAD. “Pretendemos fazer isso ainda este ano, no segundo semestre. O CTEAD surgirá como continuidade do atual Departamento de EaD/PROEN, configurado, porém, como centro de referência, aos moldes do que é estabelecido na Portaria nº 1291/2013-MEC. Assim, aos poucos, a institucionalização da EaD no IFPA vai se concretizando de forma sólida, com espaço físico, equipamentos, pessoal, normativas etc”, explica o chefe do Departamento de Educação a Distância do IFPA, Márcio Wariss.

 

Com o CTEAD instituído, o IFPA ganhará um centro de referência dedicado para: 1) dar suporte para que os campi do Instituto ofertem disciplinas e cursos a distância; 2) capacitar de pessoal para atuar nessa modalidade de ensino e; 3) desenvolver de pesquisas para a utilização de tecnologias da informação e comunicação (TICs) no processo ensino-aprendizagem tanto no ensino a distância quanto no presencial. 

 

Veja a galeria (link para as fotos)

 

Breve histórico: A Educação a Distância no Instituto Federal do Pará já tem um longo histórico, desde 2008, iniciando a oferta de cursos pelos programas Rede e-Tec Brasil e Universidade Aberta do Brasil - UAB. Contudo, foi em 2013 que essa modalidade de ensino começou a galgar passos mais sólidos dentro da instituição. Naquele ano, foi criada a Coordenação de Políticas de Educação a Distância – atual Departamento de EaD/PROEN – bem como foi aprovado pelo Conselho Superior do Instituto o Projeto de Institucionalização da Educação a Distância, que culminará, em breve, com a criação do CTEAD. A partir de então, esforços não têm sido poupados para que a EaD seja institucionalizada no IFPA.  

Publicado em Notícias

Leia mais ...

  • 19/06/17
  • 16h42
Fim do conteúdo da página
-->