Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Página inicial > Notícias > Reunião define projetos de cursos EAD de espanhol e inglês no IFPA
Início do conteúdo da página

Reunião define projetos de cursos EAD de espanhol e inglês no IFPA

Criado: Quinta, 20 de Fevereiro de 2020, 10h27 | Publicado: Quinta, 20 de Fevereiro de 2020, 10h27 | Última atualização em Terça, 03 de Março de 2020, 11h17 | Acessos: 344

 

Aconteceu, nas últimas terça e quarta-feira (18 e 19, respectivamente), uma reunião do Centro de Tecnologias e Educação a Distância do Instituto Federal do Pará – CTEAD/IFPA com professores integrantes das comissões multicampi, responsáveis pelo planejamento dos cursos de Inglês e de Espanhol, ambos na modalidade a distância – EAD.

O encontro teve como meta finalizar o conteúdo unificado dos projetos simplificados dos cursos – PSC, nos moldes de cursos de formação inicial e continuada – FIC, na modalidade EAD. Representantes dos campi de Ananindeua, Altamira, Belém, Conceição do Araguaia, Marabá Industrial, Paragominas e Santarém estiveram presentes para colaborar com a redação dos dois documentos, ao longo dos dois dias de encontro. Após essa etapa, cada campus deve adaptar o projeto comum à sua realidade, concluindo um PSC próprio.

A reunião começou com a apresentação dos documentos que servem de base, focando em questões como estrutura curricular, orientações pedagógicas e avaliação do curso e do processos de ensino-aprendizagem. Ademais, os professores presentes puderam tirar dúvidas para entender melhor o fluxograma de criação de curso, bem como conhecer a equipe do CTEAD lotada na Reitoria. Após esse primeiro momento, as comissões foram divididas para dar prosseguimento ao trabalho de elaboração dos projetos de cursos, etapa já iniciada previamente, on-line e coletivamente.

“Com essa etapa do PSC concluída, após a reunião, o texto vai para as comissões locais. Uma vez finalizado, os cursos precisarão da aprovação da PROEN [Pró-Reitoria de Ensino] – o que é um processo mais rápido que de cursos técnicos ou superiores, por exemplo, que precisam de aprovação do Consup [Conselho Superior] – e seguirão para a produção dos módulos, das disciplinas, pelos professores, pois já temos o material didático pronto, usado pela Rede Federal. Quer dizer, com isso, podemos dizer que já temos 50% dos cursos garantidos para a oferta breve, dependendo apenas de cada campus”, explica Ádria Araújo, pedagoga do CTEAD.

Inglês e Espanhol EAD são a primeira aposta do CTEAD, após a institucionalização da educação a distância no IFPA. “Esses dois cursos foram propostos em uma conversa também com a Pró-Reitoria de Extensão, para não só reforçar os Centros de Idiomas nos campi onde eles já estavam andando, como alavancar aqueles onde talvez ainda não estivessem andando como deveriam. Além disso, esses cursos têm, hoje, um material todo pronto – tanto os livros digitais em PDF, como animações e tudo – pois já foram aplicados em vários lugares do Brasil, em outros Institutos Federais, com uma certa fluidez, um certo sucesso”, explica Márcio Wariss, diretor do CTEAD.

A ideia é que os cursos estejam prontos para oferta ainda no segundo semestre de 2020, pelos campi Altamira, Ananindeua, Belém, Breves (apenas Espanhol), Conceição do Araguaia, Marabá Industrial, Marabá Rural (apenas Espanhol), Paragominas, Parauapebas e Santarém, os primeiros a se inserir no termo de adesão desses cursos EAD de língua estrangeira.

 

Conheça as vantagens de estudar uma língua estrangeira na modalidade EAD!

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página
-->